Aspectos neurocientíficos de la teoría de la semejanza en la experimentación en la enseñanza de la química

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.17227/ted.num56-18274

Palabras clave:

Teoría de la similitud, Obsolescencia programada, Electroquímica, Intervención en el aula, atención selectiva

Resumen

Este estudio presenta una investigación cualitativa que tuvo como objetivo investigar cómo una actividad experimental, basada en la Teoría de la Semejanza a través de una intervención diseñada mediante modelado matemático, puede contribuir a la construcción del conocimiento en electroquímica. Los participantes fueron estudiantes del curso de Licenciatura en Química de una institución pública de educación superior en Brasil. Los métodos de recolección de datos incluyeron la observación participante y actividades investigativas a través de experimentos, desafiando a los estudiantes a identificar cuáles experimentos proporcionaban evidencia de una reacción química. La Teoría de la Semejanza facilitó la discusión de los datos. Los resultados ofrecen reflexiones sobre la organización, planificación y relación de los mecanismos atencionales en el desarrollo de intervenciones que involucran conceptos de pensamiento matemático y químico.

Citaciones

Crossref Cited-by logo
0

Métricas PlumX

Visitas

40

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Robson Aldrin Aldrin Lima Mattos, Universidade do Estado da Bahia

Robson Aldrin Lima Mattos: Doutor em Educação Matemática- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo -PUC-SP . Mestre em Educação- Universidade Federal da Bahia – UFBA. Pós-Doutorando pelo PPGECIMA - Universidade Federal de Sergipe/UFS. Professor Adjunto da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB. DCHEL - Departamento de Ciências Humanas Educação e Linguagem. 

Márcia Azevedo Campos, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Doutora em Ensino Filosofia e História das Ciências – PPGEFHC/UFBA/UEFS. Mestre em Educação Matemática – PPGEM/UESC. Pós-Doutoranda pelo PPGECIMA - Universidade Federal de Sergipe/UFS. Professora: Faculdade Independente do Nordeste - FAINOR e Colaboradora do PPG-Educação Científica e Formação de Professores/UESB. Membro do Grupo de Pesquisa NeroMATH/PPGECIMA/UFS. Vice-líder do Grupo de Pesquisa GDICEM/UESB. Instituição: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB.

 

Laerte Silva da Fonseca, Instituto Federal de Sergipe (IFS)

Graduação: "Licenciatura em Matemática" e "Bacharelado em Psicologia"; Mestrado: "Educação" e "Ensino de Ciências e Matemática" e doutorado: "Educação Matemática" e "Psicologia Cognitiva (em andamento)". Docente do Instituto Federal de Sergipe (IFS) e Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (UFS)

 

Maria Ambrosina da Costa , Universidade da Cidade de São Paulo

Psicóloga formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Doutorado obtido pela Universidade Federal de São Paulo. Psicóloga e Professora da UNICID (Universidade da Cidade de São Paulo), nos seus cursos de graduação e pós- graduação, áreas de atuação: educação e saúde.

Citas

Bassanezi, R. C. (2011). Ensino-aprendizagem com modelagem matemática. (3ª Ed.). Contexto.

Bassanezi, R. C. (2015). Modelagem matemática: teoria e prática. São Paulo: Contexto.

Beck, J. P., & Rosenfeld, A. (1983). A theory of textural segmentation. In J. Beck, B. Hope, & A. Rosenfeld (Eds.), Human and machine vision (pp. 1-38). Academic Press.

Biembengut, M. S., & Hein, N. (2011). Modelagem matemática no ensino. (5ª Ed.). Contexto.

Bogdan, R., & Biklen, S. K. (1994). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. (1ª Ed.). Editora Porto.

Burak, D. (1987). Modelagem Matemática: uma alternativa para o ensino de Matemática na 5ª série. Dissertação (mestrado em Matemática), Unesp.

D’Ambrósio, U. (2005). Etnomatemática: elo entre as tradições e a modernidade. Autêntica.

Duncan, J., & Humphreys, G. W. (1989). Visual Search and Stimulus Similarity. Psychological Review, 96, 433-458.

Ferreira, A. S., Gonçalves, A. M., & Salgado, J. T. S. (2021). Dificuldades de aprendizagem do conteúdo de eletroquímica no ensino médio. Scientia Naturalis, 4, 1707-1720.

Fonseca, L. S., & Silva, K. S. (2021). Elementos neurocognitivos da atenção seletiva para a compreensão da transição escolar de noções matemáticas. Ciências y Cognição, 26, 10-25.

Fontes, A. M., Lourenço, M. F. P., & Messeder, J. C. (2012, julho). A representação experimental da pilha de Daniell nos livros didáticos: um erro questionado. In xvi Encontro Nacional de Ensino de Química e x Encontro de Educação Química da Bahia, Salvador, Bahia.

Franco de Lima, R. (2005). Compreendendo os Mecanismos Atencionais. Ciência y cognição, Rio de Janeiro, 6, 113-122.

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. (25ª Ed.). Paz e Terra.

Góes, L. F., Fernandez, C., & Agostinho, S. M. L. (2016, julho). Concepções e dificuldades de um grupo de professores de química sobre conceitos fundamentais de eletroquímica. In Anais do xviii Encontro Nacional de Ensino de Química, Florianópolis, Santa Catarina.

Magalhães, M. (2002). Técnicas criativas para dinamizar aulas de Química. Editora Muiraquitã.

Motter, B. C. (1993). Focal attention produces spatially selective processing in visual cortical areas V1, V2, and V4 in the presence of competing stimuli. Journal Neurophysiol, 70, 909-919.

Pereira, A. S., & Conceição, N. C. P. (2019). Um estudo sobre laboratórios multidisciplinares de ciências da natureza em escolas públicas da região Oeste do Pará. Revista Exitus, 9, p. 331-360.

Regio, R. (2021). Seus talentos visuais são bons? Encontre o estranho neste teste visual desafiador. Recuperado de https://educadoreslive.com/seus-talentos-visuais-sao-bons-encontre-o-estranho-neste-teste-visual-desafiador/

Slade, G. (2007). Made to break: technology and obsolescence in America. Harvard University Press.

Sternberg, R. J. (2010). Psicologia cognitiva. (Anna Maria Dalle Luche e Roberto Galman, Trads.) (5 Ed.). Cengage Learning Edições Ltda.

Treisman, A. M. (1982). Perceptual grouping and attention in visual search for features and for objects. Journal of Experimental Psychology: Human Perception and Performance, 8, 194-214.

Publicado

2024-07-01

Cómo citar

de Souza Pereira, A., Aldrin Lima Mattos, R. A., Azevedo Campos, M., Silva da Fonseca, L. y Ambrosina da Costa , M. (2024). Aspectos neurocientíficos da teoria da semelhança na experimentação no ensino de química. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (56), 258–274. https://doi.org/10.17227/ted.num56-18274

Número

Sección

Artículo de investigación en

Métricas PlumX